Top Social

AINDA VALE A PENA ASSISTIR ARROW?

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Depois de cinco temporadas com opiniões divergentes, Arrow ganhou mais uma temporada, caminhando para o sexto ano da série. Mas a pergunta que não quer calar é: ainda vale a pena assistir Arrow?

Em sua primeira temporada, como acredito ser o propósito de toda série, é nos apresentar do que se trata a história. Oliver Queen, interpretado por Stephen Amell, é um playboy bilionário da cidade de Starling City – atual Star City – que embarca em uma viagem com seu pai Robert Queen (Jamey Sheridan). Os dois sofrem um acidente de barco e vão parar em Lian Yu, uma ilha misteriosa localizada na China. Essa parte da história todos nós já conhecemos, pelo menos quem gosta de série de super-heróis já ouviu falar.

Após cinco anos preso nesta ilha, Oliver volta a sua cidade e decide vingar a morte de seu pai, indo atrás de todos os nomes contidos na lista do caderno que seu pai lhe deu antes de morrer. Em cada temporada, o objetivo de Oliver é diferente ou é a consequência de outro, e claro, os vilões não podem ficar de fora. Durante as temporadas, nos é apresentado um vilão e um grande evento, que prova as habilidades e a determinação de Oliver.

De todas as temporadas já vistas, digo que sem sombra de dúvidas a mais bem elaborada, trabalhada e com um desencadeamento natural foi a segunda temporada. Um dos motivos é a presença de Slade Wilson, vivido por Manu Bennett, que traz um ótimo Exterminador e é um vilão característico dos quadrinhos. E para adicionar mais acertativas, o enredo e o jogo de flashbacks deixam os sentimentos a flor da pele. Ainda se tratando de vilões, Ra’s al Ghul, H.I.V.E (C.O.L.M.É.I.A em português) comandada por Damien Dark e o fruto de uma das muitas vinganças de Oliver, foram outros destaques no quesito vilania. 

Desde sua terceira temporada, Arrow vive altos e baixos, pois constantes modificações na história do Arqueiro Verde foram feitas e isso deixou os fãs da série um pouco confusos. E por falar em Arqueiro Verde, Oliver só assume seu alter-ego na quarta temporada. 


A quarta temporada foi a mais polêmica dentre as cinco. Oliver teve diversos relacionamentos amorosos, porém além de Laurel Lance/Canário Negro (Katie Cassidy), outro romance marcante foi com a Felicity Smoak/Observadora (Emily Bett Rickards), formando o casal Olicity. Nesta temporada o romance teve uma evidência maior, e isso deixou alguns fãs desgostosos com a série, pois alegaram que o foco da série deveria ser sobre heróis e não de romance. E após a concordância da maioria, a produção decidiu afastar o casal e focar no Arqueiro Verde e seu time. 

Ao longo dos anos da série, alguns personagens importantes passaram por ela e muitos deles permaneceram. Além de Felicity, John Diggle/Espartano (David Ramsey) e Thea Queen/Speedy (Willa Holland), Quentin Lance (Paul Blackthorne), Sara Lance/Canário Branco (Caity Lotz), Roy Harper/Arsenal (Colton Haynes), Tommy Merlyn (Colin Donnell) e MalcomMerlyn/Arqueiro Negro (John Barrowman) foram os que representaram papéis significativos na série e na vida de Oliver.

Em sua quinta temporada, o time Arrow ganhou mais três integrantes. Curtis Holt/Senhor Incrível (EchoKellum), Rene Ramirez/Cão Raivoso (Rick Gonzalez) e Dinah Drake/Canário Negro (Juliana Harkavy) os quais ajudaram a dar um novo rumo para a série, trazendo de volta o aspecto heroico e as lutas.

Com o breve resumo da série, agora a pergunta pode ser respondida. Sim, Arrow ainda vale a pena ser assistida. Em sua última temporada, Arrow trouxe novamente a vivacidade que tinha na segunda temporada com amadurecimento do que aprenderam na terceira e quarta temporadas. Os flashbacks, ponto forte da estrutura de produção da série, ainda são usados e continuam bem encaixados e dando enredo, o que por mais que em alguns momentos seja excessivo, dão o toque essencial que a série precisa para contar a sua história. O Arqueiro Verde está mais maduro e centrado no seu propósito, não deixando sobrar tempo para desvios ou enrolações. Outro ponto que a série conseguiu se recuperar foi em seu último vilão. Eu particularmente, já sabia quem era, mas a revelação e como desencadeou os eventos na série foi excelente. 

Arrow está voltando as suas raízes e quer devolver aos fãs o sentimento que tinham desde o início, que é ver um herói em ação. Além de ter cedido boas surpresas no decorrer da temporada. Por isso, acredito que ainda é válido dar um voto de confiança para a série e ver o que ainda poderá surgir na vida dupla de Oliver Queen e seus companheiros.


Post Comment
Postar um comentário