Top Social

Featured Posts Slider

RESENHA | UMA VIAGEM INESPERADA - BABI DEWET, MELINA SOUZA, CAROL CHRISTO E PAM GONÇALVES

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

SINOPSE

Pergunta: O que pode acontecer numa viagem inesperada? Resposta: Tudo. As personagens da Turma da Mônica Jovem estão reunidas, pela primeira vez, em um livro de contos. Mônica, Magali, Marina e Denise embarcam em aventuras inéditas, cada uma com um destino especial. Mônica parte rumo à Coreia do Sul, em um tour inesquecível, repleta de k-pop, cores e aventuras. Magali tem seus planos virados de cabeça para baixo e acaba em Paraty, onde gastronomia e novas amizades se misturam. Marina desenvolve um novo lado artístico em Londres – com direito a chá, saudades e encontros e desencontros. E Denise, por ter se metido numa encrenca, é mandada de castigo para um acampamento na Serra Catarinense. Prepare as suas malas e acompanhe as garotas em viagens pelo Brasil e o mundo, com romances, confusões e aventuras.

ACONTECEU NA XVIII BIENAL DO LIVRO RIO

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

A Bienal do Livro é, sem sombra de dúvidas, o evento mais importante para a comunidade literária. Além de inúmeras promoções (sim, elas existem!) há sempre a possibilidade de esbarrar em algum autor nacional, seja ele conhecido ou alguém que está dando os primeiros passos no meio e divulgando seu trabalho, caminhando nos três pavilhões do Riocentro e, é claro, existem as intermináveis filas para garantir o combo senha + autógrafo de determinado autor internacional.

RESENHA | O ADULTO - GILLIAN FLYNN

quarta-feira, 13 de setembro de 2017
Uma jovem ganha a vida praticando pequenas fraudes. Seu principal talento é a capacidade de dizer às pessoas exatamente o que elas querem ouvir, e sua mais recente ocupação consiste em se passar por vidente, oferecendo o serviço de leitura de aura para donas de casa ricas e tristes.
Certo dia, ela atende Susan Burkes, que se mudou há pouco tempo para a cidade com o marido, o filho pequeno e o enteado adolescente. Experiente observadora do comportamento humano, a falsa sensitiva logo enxerga em Susan uma mulher desesperada por injetar um pouco de emoção em sua vida monótona e planeja tirar vantagem da situação.

GUIA DO CONSUMIDOR | CDs - BACIÃO DA PROMOÇÃO

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

O ano é 2017 e eu ainda compro CDs. Como eu consigo álbuns novos com a queda do mercado e mesmo assim os discos ainda estando caros? Normalmente eu compro em certas lojas do Centro do Rio, ali na Sete de Setembro, depois do João Caetano, tem duas lojas com umas pérolas com preço honesto, mas recentemente a melhor opção é ir na Saraiva. Naquelas promoções na entrada do site eventualmente há algo dizendo 10 CDs por 50 reais, 15 CDs por 60 e por aí vai. O grande detalhe nesse esquema é que é relativamente complicado ter na relação de 150 a 200 discos promocionais os 10 ou 15 que você queira, nem que seja para experimentar, ou seja, você deixa de comprar 7 ou 8 CDs por faltar alguns pra fechar o desconto e só monta o carrinho pra ver como fica. Em uma dessas promoções eu finalmente consegui comprar 15 por 60. Alguns eu já tinha, outros foram apostas, alguns são curiosidades. Nesse Guia abordarei coisas desse pacotão e outros discos.

RESENHA | MINHA VIDA MORA AO LADO - HUNTLEY FITZPATRICK

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

SINOPSE

Os Garrett são tudo que os Reed não são. Barulhentos, caóticos e afetuosos. São de verdade. E, todos os dias, de seu cantinho no telhado, Samantha sonha ser uma deles, ser da família. Até que, numa noite de verão, Jase Garrett vai até lá e... Quanto mais os adolescentes se aproximam, mais real esse amor genuíno vai se tornando. Contudo, precisam aprender a lidar com as estranhezas e maravilhas do primeiro amor. A família de Jase acolhe Samantha, apesar dela ter que esconder o namorado da própria mãe. Até que algo terrível acontece, o mundo de Samantha desmorona e ela é repentinamente forçada a tomar uma decisão quase impossível, porém definitiva. A qual família recorrer? Ou, quem sabe, Sam já é madura o bastante para assumir suas próprias escolhas? Será que está pronta para abraçar a vida e encarar desafios? Quem você estaria disposto a sacrificar pela coisa certa a se fazer? O que você estaria disposto a sacrificar pela verdade?

BIENAL DO LIVRO | EXPERIÊNCIA E EXPECTATIVA

terça-feira, 29 de agosto de 2017

Pra mim a Bienal é algo tão natural para se encher de expectativas que sempre me espanto quando alguém me diz que nunca foi. Mas até aí eu vou em todas desde 1997, o que é muito tempo, tem gente que nem tinha nascido na época. Estou aqui hoje pra falar da importância desse evento e umas dicas básicas de sobrevivência em meio àquela selva de gente, papel e fãs de youtubers que fingiram que escreveram um livro.

RESENHA | PRINCESA DE PAPEL - ERIN WATT

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

SINOPSE

O primeiro livro da série The Royals, a nova sensação new adult dos EUA. Ella Harper é uma sobrevivente. Nunca conheceu o pai e passou a vida mudando de cidade em cidade com a mãe, uma mulher instável e problemática, acreditando que em algum momento as duas conseguiriam sair do sufoco. Mas agora a mãe morreu, e Ella está sozinha. É quando aparece Callum Royal, amigo do pai, que promete tirá-la da pobreza. A oferta parece tentadora: uma boa mesada, uma promessa de herança, uma nova vida na mansão dos Royal, onde passará a conviver com os cinco filhos de Callum. Ao chegar ao novo lar, Ella descobre que cada garoto Royal é mais atraente que o outro – e que todos a odeiam com todas as forças. Especialmente Reed, o mais sedutor, e também aquele capaz de baixar na escola o “Decreto Royal” – basta uma palavra dele e a vida social da garota estará estilhaçada pelos próximos anos. Reed não a quer ali. Ele diz que ela não pertence ao mundo dos Royal. E ele pode estar certo.

TAG | SÉRIES E EU

domingo, 27 de agosto de 2017

Em um momento de bloqueio criativo, nada que uma TAG sobre um dos assuntos que você mais gosta para reacender a chama da criatividade. Compartilhar é sempre bom, e espero que gostem dos meus gostos peculiares ou até comuns, dependendo do ponto de vista. Escolhi uma TAG – encontrada no blog da Niina Secrets – que resume um pouco do quanto eu sou apegada em séries.
  1. Qual sua série favorita do momento?
This is Us. Com o tempo curto, porém livre das minhas férias universitárias, coloquei as outras séries que assisto em dia, porém esta me chamou a atenção e também foi bastante indicada por amigos, o que me fez querer assistir ainda mais. A história é linda, bem contada e viciante. Não tem como não amar.


  1. Cite 3 séries que todos deveriam assistir.
Sense8, pela imensidão de criatividade, informação e quebra de padrões; Chicago Fire, por ter um enredo tão intenso e verdadeiro – uma das minhas séries favoritas sem sombra de dúvidas – e Lucifer, por tratar de um assunto teoricamente delicado, a vida do Senhor do Inferno, e fazem de uma forma genial, que é usar o sarcasmo e a ironia como uma fórmula do sucesso.


  1. Cite uma série que todos gostam, menos você.
The Walking Dead. Não tenho motivos para não gostar, apenas nunca senti vontade de assistir e também o tema não me interessa muito num todo. E não sei se todos gostam dela, mas acho que a grande maioria gosta.

  1. Cite uma série que ninguém assiste, mas que você adora.
Adorar é uma palavra muito forte, mas eu gosto muito de uma série da Netflix, Chewing Gum, e acho que praticamente ninguém que eu conheço sabe que essa série existe ou que é boa para dar algumas risadas. Inclusive, esta série tem review aqui no blog. Confere lá!

  1. Qual o tipo de série que você gosta?
Não sei exatamente se tem um estilo específico de série que eu goste, mas acho que séries com drama, ação, suspense e casos para desvendar/solucionar são os que mais me prendem.
  1. Qual o seu crush de alguma série (homem e mulher)?
Olha, essa é difícil, pois eu tenho crush por vários personagens. Mas acho que os do topo da lista dos homens ficam com o Wolfgang (Max Riemelt), de Sense8, Kelly Severide (Taylor Kinney) e Matthew Casey (Jesse Spencer) de Chicago Fire. Já mulher, fica com a Leslie Thompkins (Morena Baccarin), de Gotham.


  1. Qual a primeira série que você assistiu?
Essa pergunta me deixa um pouco confusa, pois se for para falar da primeira série na vida que eu assisti, mesmo considerando uma novela, seria Rebelde. Porém, uma série que me fez querer continuar assistindo outras, foi Revenge.


  1. Qual seu site favorito para assistir séries?
Atualmente estou baixando as séries que não passam na Netflix, porque assistir online não dá mais.
  1. Qual o final de série que você mais odiou?
Odiei o final de Agent Carter, mas não pela série, que adorava, mas sim pelo cliffhanger que ela deixou e não será respondida.


  1. Qual série você queria que não acabasse?
Orphan Black. Sei que deve ser extremamente cansativo produzir uma série deste patamar, mas também é difícil se despedir de uma série tão complexa, instigante e bem trabalhada.


  1. Qual série que passa alguma mensagem importante?
Com certeza Sense8. Por mais que algumas pessoas não concordem e nem achem a série tudo isso, para mim, ela representa uma quebra de paradigmas gigantesca. Te mostra que nada é impossível, se você realmente lutar por isso, que temos espaço no mundo e precisamos lutar pelos nossos direitos e descobrir quem somos de verdade.


Sim, eu sou um pouco - ou muito - viciada em séries e a cada TAG que ver sobre isso, farei sempre que possível. A vida acadêmica está me privando de assistir mais séries, porém espero que em uma próxima, tenha mais séries para comentar. 


RESENHA | ESTAÇÃO ONZE - EMILY ST. JOHN MANDEL

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

SINOPSE

Em uma noite de neve, um famoso ator de Hollywood cai e morre no palco durante uma produção de "Rei Lear". Horas depois, o mundo como conhecemos começa a se dissolver. Indo e voltando no tempo - desde os primeiros dias do ator como uma estrela de cinema para quinze anos no futuro, como uma trupe de teatro conhecida como a Sinfonia Itinerante percorre a terra desolada que restou - esse romance repleto de suspense e fascinante apresenta estranhas voltas do destino que acabam por conectar cinco pessoas: o ator, o homem que tentou salvá-lo, a primeira esposa do ator, seu amigo mais velho e uma jovem atriz da Sinfonia, através da mira de um perigoso profeta autoproclamado.


A PARTIDA DO REI E DA PIROGA DE CRISTAL

terça-feira, 22 de agosto de 2017

(ou como você pode morrer como herói ou viver sendo gênio na França.)

Na velha Hollywood era mais fundamental ter uma amplitude de talentos para se manter em destaque. Ter apenas um era bom, mas quanto mais versátil você fosse, melhor para o rumo desejado de sua carreira. Poucos foram completos como Lewis. Cantar, dançar, atuar, escrever, dirigir e tocar um instrumento. Saber ao menos duas ou três dessas de forma competente era essencial. Frank Sinatra, por exemplo, cantava e atuava. Eventualmente aprendeu a dançar um pouco com Gene Kelly, mas somente o básico para um filme.

DIRTY DANCING 30 ANOS: FILMES E LEGADO

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Primeiramente, pra mim o segundo filme não existiu, se quiserem que alguém fale sobre, peçam pra Vietri falar sobre em 2019, quando o filme fizer 15 anos. Aquilo só foi bom pro Patrick Swayze, que ganhou 5 milhões só pra aparecer lá. Agora que esclarecemos isso, vamos começar.

Dirty Dancing é um filme de orçamento limitado (5 milhões de dólares, o orçamento padrão pra época era 12) sem nenhuma grande estrela da época, exceto por Jerry Orbach, que era uma lenda da Broadway, que era basicamente uma adaptação/fantasia da roteirista, Eleanor Bergstein, que vivenciou a dirty dancing nas colônias de férias que ia quando jovem, onde ela era chamada de Baby. O filme levou quatro anos para achar uma empresa que o produzisse e conseguiu como diretor alguém que nunca dirigiu um filme ficcional, apenas documentários, mas que se apaixonou pelo projeto: Emile Ardolino. Como esse filme poderia dar certo?

O QUE TEM NA MINHA TBR

quarta-feira, 16 de agosto de 2017


Muitos leitores conhecem a técnica da TBR Jar para organizar ou incentivar a leitura. O problema é quando você acha que está tão em controle da sua lista que acredita poder comprar todos os livros que vê pela frente – não querendo citar nomes, mas sim estou falando da que vos fala, o que é autocontrole? Isso resulta numa lista de livros enormes não lidos que vão ficando para a próxima e a próxima nunca chega. Nessa listinha, entretanto, eu vou falar dos livros que vão chegar, porque foram os últimos que eu comprei. E também é uma coisinha pra vocês ficarem aguardando no futuro, porque muitos desses livros estarão fazendo presença no Meraki... Assim que eu conseguir sentar e começar algum deles.

1. O Adulto – Gillian Flynn

Se você faz parte do Meraki há um tempo vão ver outros livros da Gillian por aqui. O Adulto é um minilivro, bem pequenininho mesmo. Provavelmente não vai ser uma leitura difícil, levanto em consideração o tamanho e a autora, ele deve ser um daqueles livros que eu vou colocar entre leituras num dia mais calmo. Eu realmente gostei da sinopse dele, mas isso não é muita surpresa porque eu gosto da sinopse de todos os livros da Gillian. Eu quero dizer que não vai demorar até vocês verem esse livro por aqui, mas eu não posso dar certeza porque não sei quando vou ter tempo pra lê-lo. Mas ele está chegando.


2. O Sol Também é uma Estrela – Nicola Yoon

Dessa vez eu não resisti e comprei outro livro da Nicola. Eu me apaixonei completamente pela escrita dela em Tudo e Todas as Coisas e, não sei... Mesmo tendo vários clichês, eu realmente gosto do que ela escreve. Ela usa o clichê de uma forma tão poética e fluída ao mesmo tempo, eu nem sei se essas duas coisas coexistem, que você só percebe que ele estava ali depois que vai pensar sobre o que leu. Eu estou extremamente animada para me encontrar com essa escrita novamente em O Sol Também é uma Estrela. 

3. Três Coroas Negras – Kendare Blake


Esse livro já tem resenha no blog, mas comprei porque me interessei e parecia o tipo de história que eu gostaria de ler. Mas aí me colocaram para baixo, só que eu já tinha comprado e agora vou ler e estou determinada a gostar. A resenha que tem aqui é da Fernanda, então quem quiser saber sobre o que é o livro, o melhor lugar é nesse link.



4. Dez Mil Céus Sobre Você e Um Milhão de Mundos Com Você – Claudia Gray

Eu fiz a resenha do primeiro livro dessa trilogia um tempo atrás e imediatamente comprei os que faltavam porque eu não sou obrigada a sofrer sem ter os livros. Mil Pedaços de Você eu lembro de ter comprado no susto, sem nenhuma recomendação, sem procurar resenhas, foi um livro para alcançar o frete grátis e foi uma surpresa muito boa. E quando eu fiz a compra, não sabia que era uma trilogia e eu fiquei louca quando descobri porque o que eu ia fazer se não gostasse? Mas graças a Deus é um livro muito bom e me fez querer gastar mais dinheiro imediatamente. 

5. Fogo contra Fogo – Jenny Han e Siobhan Vivian

Outro livro que já tem resenha aqui feita pela Fernanda e outro livro que eu estava super animada para ler e ai me informaram que não era tão bom. Esse vai ser um pouco mais difícil de chegar a vez porque eu tenho que reler Olho por Olho e Dente por Dente primeiro... faz um tempo, galera. Eu não lembro de muita coisa. Mas, no ruim no ruim, é uma adição bonita para minha estante.




6. Á Primeira Vista – David Levithan e Nina LaCour

Esse livro chamou a minha atenção porque é sobre amor à primeira vista, só que não. Pelo que eu consegui entender, não existe relacionamento romântico entre os dois personagens principais. Na verdade é mais uma amizade à primeira vista e eu realmente quero esse conceito na minha vida. Eu realmente espero que esse livro seja bom. Conhecendo o David Levithan, vai ser, mas você nunca sabe quando envolve um outro autor. 


7. The Beauty of Darkness – Mary E. Pearson

Esse é o último livro da trilogia Crônicas de Amor e Ódio, pra quesito de curiosidade o livro que estou lendo no momento é o segundo dessa serie, e eu não quero que acabe. Sempre que eu tenho um tempinho pra ler eu me vejo enrolando porque eu não quero que o segundo chegue ao fim porque sei que vou ter que partir pro último. Faz um bom tempo desde a última vez que eu senti essa agonia de não querer chegar ao final enquanto lia uma saga. O real medo de dizer adeus aos personagens, eu acho que não me assombra desde o lançamento de O Sangue do Olimpo. Parabéns, Mary, por ter conseguido me deixar tão apegada aos seus personagens em apenas dois livros.

Esses são alguns dos livros que eu pretendo conseguir ler nas próximas semanas, se o universo me ajudar. Esses são só os que foram comprados por último no embalo do “tenho que comprar pra presente, vou comprar pra mim também”, não podemos esquecer que a Bienal está chegando e a listinha de compras já está sendo feita. Ninguém disse que ser leitora era fácil.

RESENHA | POR LUGARES INCRÍVEIS - JENNIFER NIVEN

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

SINOPSE

Violet Markey tinha uma vida perfeita, mas todos os seus planos deixam de fazer sentido quando ela e a irmã sofrem um acidente de carro e apenas Violet sobrevive. Sentindo-se culpada pelo que aconteceu, Violet se afasta de todos e tenta descobrir como seguir em frente. Theodore Finch é o esquisito da escola, perseguido pelos valentões e obrigado a lidar com longos períodos de depressão, o pai violento e a apatia do resto da família. Enquanto Violet conta os dias para o fim das aulas, quando poderá ir embora da cidadezinha onde mora, Finch pesquisa diferentes métodos de suicídio e imagina se conseguiria levar algum deles adiante. Em uma dessas tentativas, ele vai parar no alto da torre da escola e, para sua surpresa, encontra Violet, também prestes a pular. Um ajuda o outro a sair dali, e essa dupla improvável se une para fazer um trabalho de geografia: visitar os lugares incríveis do estado onde moram. Nessas andanças, Finch encontra em Violet alguém com quem finalmente pode ser ele mesmo, e a garota para de contar os dias e passa a vivê-los.

RESENHA | DEPOIS DE VOCÊ - JOJO MOYES

domingo, 13 de agosto de 2017

SINOPSE

Louisa ainda não superou a perda de Will. Morando em um flat em Londres, ela trabalha como garçonete em um pub no aeroporto. Certo dia, após beber muito, Lou cai do terraço. O terrível acidente a obriga voltar para a casa de sua família, mas também a permite conhecer Sam Fielding, um paramédico cujo trabalho é lidar com a vida e a morte, a única pessoa que parece capaz de compreendê-la. Ao se recuperar, Lou sabe que precisa dar uma guinada na própria história e acaba entrando para um grupo de terapia de luto. Os membros compartilham sabedoria, risadas, frustrações e biscoitos horrorosos, além de a incentivarem a investir em Sam. Tudo parece começar a se encaixar, quando alguém do passado de Will surge e atrapalha os planos de Lou, levando-a a um futuro totalmente diferente.

GUIA DO CONSUMIDOR | A GRANDE BIBLIOTECA MÁGICA

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Já sabemos o quanto gosto de comprar bons livros a preços ridiculamente baratos, sempre estou percorrendo essas feiras de rua e as de shopping para conseguir achados. Além disso, no final do ano passado a Submarino me mandou um link com livros interessantes a 10 reais, então fiz o óbvio: comprei uns 10. Nessa edição abordaremos vários livros adquiridos com descontos absurdos. Alguns eu pretendo falar sobre com mais profundidade quando eu fizer postagens temáticas.

TAG | OPINIÃO IMPOPULAR

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

É normal ter opiniões que diferem das dos outros, inclusive opiniões que diferem da maioria das pessoas. No gosto literário isso não é muito diferente, sempre tem aquele um livro que todos os seus amigos gostam e você não entende o porquê ou aquele que ninguém conseguiu passar da segunda página e você devorou em um dia. Essas são coisas normais na vida e essa TAG vai mostrar um pouquinho das minhas opiniões impopulares quanto à literatura.

SÉRIES LITERÁRIAS QUE AINDA NÃO TERMINEI

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Há alguns anos existiam gêneros específicos da literatura que obrigatoriamente tomavam forma através de uma série com, no mínimo, quatro livros. Um exemplo são os títulos de fantasia e aventura que, em sua maioria, especialmente quando voltados ao público infantil, apresentam diversos livros publicados sobre um mesmo universo. Atualmente esses gêneros ainda seguem esse modelo de publicação, mas outras temáticas vêm ganhando cada vez mais o coração do leitor e fazendo com que o autor sinta que há algo mais a ser dito, o que resulta em, no mínimo, uma trilogia. 

O QUE TEREMOS ATÉ O FIM DO ANO?

domingo, 6 de agosto de 2017

Olá, jovens. Aqui quem vos fala é Wenceslau, o amigo da dona de casa. Aquele que escreve sobre temas diferentes no grande blog de sucesso alternativo em 2017: o Meraki. A produção de material está intensa e acho importante compartilhar os próximos projetos, que com sorte completarão minhas obrigações contratuais até o fim do ano. Peguem suas, cadeiras, sentem e ouçam as novidades.

RESENHA | CARRY ON - RAINBOW ROWELL

segunda-feira, 31 de julho de 2017

SINOPSE

Simon Snow é um bruxo que estuda numa escola de magia na Inglaterra. Profecias dizem que ele é o Escolhido. Você pode até estar pensando que já conhece uma história parecida. O que você não sabe é que Simon Snow é o pior Escolhido que alguém já escolheu. Poderosíssimo, mas desastroso a ponto de não conseguir controlar sequer sua própria varinha, Simon está tendo um ano difícil na Escola de Magia de Watford. Seu mentor o evita, sua namorada termina com ele e uma entidade sinistra ronda por aí usando seu rosto. Para piorar, seu antagonista e colega de quarto, Baz, está desaparecido, provavelmente maquinando algum plano insano a fim de derrotá-lo. Carry On é uma história de fantasma, de amor e de mistério. Tem todos os beijos e diálogos que se pode esperar de uma história de Rainbow Rowell, mas com muito, muito mais monstros.

RENATO, ME AJUDE A TE AJUDAR

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Conforme sabemos, o bom canal Viva tem diversas formas de resgatar a memória da TV Globo. Seja reprisando novelas boas e/ou antigas demais pro Vale a Pena Ver de Novo de forma integral, seja resgatando artistas daquelas novelas para reavaliar suas atuações ou até mesmo fazerem um apanhado de suas carreiras. E há os remakes, primeiro aquele de quatro episódios de Sai de Baixo, que foi excelente para fechar o ciclo de viúvas do programa. Depois teve o da Escolinha do Professor Raimundo, que apesar de opções questionáveis, honra o legado de Chico Anysio. Então na Comic Con do ano passado, Renato Aragão e Dedé Santana anunciaram o retorno dos Trapalhões.

RESENHA | AGORA E PARA SEMPRE, LARA JEAN - JENNY HAN

segunda-feira, 24 de julho de 2017

SINOPSE

Agora que chegou ao último ano do ensino médio, ela tem muito o que planejar: a visita da turma a Nova York, o baile de formatura e a tradicional viagem para a praia no dia seguinte - isso sem contar o casamento do pai com a sra. Rothschild. Mas não podemos esquecer o mais importante: o que Lara Jean mais quer é ir para a universidade dos seus sonhos com Peter, a menos de uma hora de casa, para poder visitar a família nos fins de semana e assar cookies com gotas de chocolate perfeitos. Tudo está indo às mil maravilhas. Pelo menos é o que Lara Jean imagina... Até receber uma notícia inesperada. Nessa história emocionante e surpreendente, a garota que odeia mudanças vai precisar repensar todos os seus planos. Quando o coração e a razão dizem coisas diferentes, qual deles se deve ouvir? 

REVIEW | CHICAGO JUSTICE

quinta-feira, 20 de julho de 2017

A equipe de promotores públicos de Chicago precisa achar um equilíbrio entre a opinião pública, os jogos de poder da política local e a sua paixão pelo exercício ético da lei para executar justiça nos casos mais notórios da cidade.

RESENHA | MIL PEDAÇOS DE VOCÊ - CLAUDIA GRAY

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Marguerite Caine cresceu cercada por teorias científicas revolucionárias graças aos pais, dois físicos brilhantes. Mas nada chega aos pés da mais recente invenção de sua mãe – um aparelho chamado Firebird, que permite que as pessoas alcancem dimensões paralelas.
Quando o pai de Marguerite é assassinado, todas as evidências apontam para a mesma pessoa: Paul, o brilhante e enigmático pupilo dos professores. Antes de ser preso, ele escapa para outra realidade, fechando o ciclo do que parece ser o crime perfeito. Paul, no entanto, não considerou um fator fundamental: Marguerite. A filha do renomado cientista Henry Caine não sabe se é capaz de matar, mas, para vingar a morte de seu pai, está disposta a descobrir.

MID-YEAR FREAKOUT TAG | 2017

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Originalmente essa TAG é respondida no mês de Junho, uma vez que está relacionada aos livros que foram lidos no primeiro semestre do ano em questão. Porém, devido ao final de período na faculdade e a quantidade de provas, seminários e artigos que essa época envolve, não consegui parar para respondê-la. E para poupar espaço, optei por responder algumas questões em dupla, porque elas acabam se complementando; de qualquer forma não adiantou muito, visto que a postagem está enorme. Mas espero que isso não seja um problema e que gostem da TAG! ^_^ 

A TRILHA SONORA DE JUNO

segunda-feira, 10 de julho de 2017

Há muito tempo venho querendo fazer uma espécie de sessão nostalgia aqui no blog, mas me falta criatividade e tempo para organizar as ideias. Eis que nesse final de semana, enquanto vagava por algumas listas de filmes, resolvi que era hora de desenterrar algo do meu baú de lembranças. Claro que esse tipo de postagem não precisa se limitar a filmes, como o título dessa aqui entrega, mas para mim é interessante falar de música + filmes, visto que raramente faço algo nessa linha.

AINDA VALE A PENA ASSISTIR ARROW?

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Depois de cinco temporadas com opiniões divergentes, Arrow ganhou mais uma temporada, caminhando para o sexto ano da série. Mas a pergunta que não quer calar é: ainda vale a pena assistir Arrow?

REVIEW | PRETTY LITTLE LIARS

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Adeus, Rosewood.

JOÃO DONATO E DONATINHO - SINTETIZAMOR (2017)

sexta-feira, 30 de junho de 2017

Se eu estou aqui falando de um álbum de 2017, e nacional ainda por cima, é sinal de que o mundo vai acabar ou o negócio é realmente bom. Te garanto que é a segunda. Estamos diante de um dos melhores álbuns do ano

RESENHA | O AMOR NOS TEMPOS DE #LIKES - PAM GONÇALVES, BEL RODRIGUES, HUGO FRANCIONI E PEDRO PEREIRA

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Os tempos mudaram, mas e o amor? Continua a dar aquele frio na barriga e fazer os jovens atravessarem quilômetros para viver uma paixão? Em “O Amor nos Tempos de #Likes, quatro booktubers se inspiram em três histórias da literatura para criar suas versões de contos românticos na era digital. Uma bela, jovem e famosa youtuber com medo do amor; um casal inesperado em um encontro às escuras (literalmente) e dois meninos apaixonados por livros tentando entender quem são e o que querem são os protagonistas destes contos que evocam “Orgulho e Preconceito” (Pam Gonçalves), “Dom Casmurro” (Bel Rodrigues) e “Romeu e Julieta” (Pedrugo).

20 ANOS DOS DOIS MELHORES ÁLBUNS DE 1997

sexta-feira, 16 de junho de 2017


“Para mim, o skinhead vem de dentro. Como skinhead, deve primeiramente amar seus Doc Martens, amar ska, deve ter a atitude correta - ter a atitude correta no coração e na mente. Tem que gostar de futebol, tem que gostar de dançar com mais vontade do que qualquer pessoa de qualquer outra subcultura. E o mais importante, eu acredito, é que você tem que ser antiracista.”

Buster Bloodvessel

REVIEW | TUDO E TODAS AS COISAS

quarta-feira, 14 de junho de 2017
Maddie (Amandla Stenberg) está prestes a fazer 18 anos, mas ela nunca saiu de casa. Desde a infância, a jovem foi diagnosticada com Síndrome da Imunodeficiência Combinada, de modo que seu corpo não seria capaz de combater os vírus e bactérias presentes no mundo exterior. Ela é cuidada com carinho pela mãe, uma médica que constrói uma casa especialmente para as necessidades da filha. Um dia, uma nova família se muda para a casa ao lado, incluindo Olly (Nick Robinson), que se sente imediatamente atraído pela garota através da janela. Maddie também se apaixona pelo rapaz, mas como eles poderiam viver um romance sem se tocar?

MOTIVOS PARA ASSISTIR JANE THE VIRGIN

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Há alguns anos atrás, quando assistia uma imensa quantidade de séries acreditando que o mundo iria acabar, me deparei com o trailer de "Jane The Virgin", uma série de comédia da The CW que parecia ter os elementos para ser bom entretenimento mas que não possuía os elementos para deslanchar e agradar o grande público. Obviamente a pessoa que vos fala estava errada e a série conta com três temporadas exibidas e mais uma confirmada, indo contra todos os prospectos negativos. Com isso em mente, seguem alguns dos motivos que me fazem amar "Jane The Virgin" e que espero que faça com que você dê uma chance a ela! 

COMO ORGANIZO MINHAS SÉRIES?

segunda-feira, 5 de junho de 2017


Imagino que aos quarenta e cinco do segundo tempo a maioria que acompanha o blog sabe o quanto sou viciada em séries, independente do gênero ou plataforma. Achei boa? Assisto. Achei mais ou menos? Assisto. Achei ruim? Vira guilty pleasure porque sempre tenho esperanças de que pode (e vai) melhorar - claro que muitas vezes isso não acontece e quando percebo minha grade está cheia de episódios atrasados. Devido a essa "obsessão" preciso ser extremamente organizada com aquilo que estou assistindo e daí surge a pergunta: como você consegue?